As duas asas da borboleta: Psique

A alma humana é um mistério, que na verdade, não tem tanto mistério assim. Porque o mistério não é a alma, mas o ser indivídual.
Temos em nossa alma dois mundos basicamente, dois mundos povoados por muitos.
Nosso inconsciente que é a massa primordial existente em nós, representando o mundo não-físico, e a consciência recém-nascida, representando o mundo físico.
O inconsciente é um mundo antigo totalmente presente. Nele se guarda o sentido de tudo, de toda a existência. Por isso, que para nos conhecermos ou para conhecermos o universo, ou até mesmo entender o real sentido da vida, não podemos obter isso sem considerar o “material” inconsciente. Se alguém quer encontrar Deus, precisa navegar pelas águas do inconsciente, se quer se livrar de qualquer sofrimento de profundeza na alma, precisa achar respostas no seu inconsciente.
Nossa alma é o reino do inconsciente, onde a consciência é súdita, é filha. Ela só nasceu porque nascemos no mundo físico. A consciência que nasce, quando nascemos, é como uma criança que vai crescendo, aprendendo, tendo suas experiências e o papel do inconsciente é auxiliar esta criança a um sentido na vida, o seu rumo, o seu destino individual.
Quando nascemos no corpo, passamos a desenvolver, sobreposta ao inconsciente, a nossa consciência e ela se liga ao inconsciente como que por um cordão umbilical.
Ainda na barriga de nossa mãe, já temos um espírito e um inconsciente. Quando nascemos, continuamos a ter o inconsciente diretamente ligado à nós, como o genótipo da nossa alma. Ao mesmo tempo que está se desenvolvendo a consciência, de tudo que é percebível, do inconsciente e do meio externo, o fenótipo da alma.
O que acontece é que durante esse desenvolvimento de consciência sofremos inúmeras influências do meio externo:o amor  e a figura de nossos pais, o mundo em nossa volta, as pessoas que temos contato, todas as percepções que chegam através dos nossos cinco sentidos. E estas, por sua vez, geralmente, entram em conflito com as percepções de origem inconsciente, porque a medida que vamos crescendo sofremos repressões, censuras, moldes, rótulos, conflitos de vontades, de sentimentos, mensagens que nos são enviadas a todo instante dos dois lados, nos causando  nossas infinitas repartições, onde cada parte é uma parte nossa que fala, mas nós geralmente não escutamos, porque estamos tão desorganizados internamente, que não conseguimos ouvir. Então a consciência entra em conflito com o inconsciente, como um filho chegando na adolescência. A consciência quer se autoafirmar, ser independente, porém toda a noção de identidade da alma, inclusive da própria consciência está no seu genótipo, no inconsciente.

A alma ao longo de nossa vida tem o mesmo papel que nós no mundo físico: Se tornar único, total e realizado. O que , o cada vez mais admirável, Jung chamou de Individuação. E o que eu entendo como esse processo, é a transformação da consciência ao ponto de homogeneidade total com o inconsciente. Onde a homogeneidade representa a reunião das partes da alma para a totalidade em um indivíduo. Esse processo de reunião é um processo de mistura e equilíbrio. Como acontece o equilíbrio térmico, torna homogêneo duas partes distintas. É a democracia na alma, onde o inconsciente abre mão da sua tirania, para aceitar a vontade da consciência de ter poder. E assim, a consciência em harmonia com o inconsciente, ou na energia do amor (que leva a harmonia) ou como diria Jung, em sincronicidade, leva o indivíduo à realização plena do seu inconsciente, ao mesmo tempo que o inconsciente gera e cria a consciência como um filho, tão pleno de capacidade quanto ele próprio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s