Psique e Universo: Tempo e Espaço

O amor está para a psique assim como a gravidade está para o espaço. No início era o Caos, o vazio, a escuridão, esse início era o Tempo, o inconsciente, Deus. Nesse movimento em si mesmo, gerou-se então a luz. Porque  no movimento gera-se energia. Poderíamos entender isso na equação de Einstein, E=mc². Seria como observar a criação do fogo pelos primitivos, que giravam gravetos para criar o fogo.
A luz gerada nesse movimento circular do Tempo, do inconsciente, de Deus em si mesmo, seria o amor, por isso dizemos que Deus é o amor, ou pode-se dizer que era uma energia de movimento, a energia cinética, ou uma energia de atração, como a gravidade, seja qual nome tenha em outros espaços de consciência, na psique essa energia se chama amor. A partir dessa força de atração, da luz, passou-se então a união dos opostos, ou seja, essa força de atração, passou a unir em si mesmo a escuridão pré-existente a ela própria, por reflexão, pelo princípio da dualidade, a luz refletia na própria escuridão e se unia a ela mesma, começou então a dar sentido de movimento dessa luz no espaço, o sentido da união, por isso Deus é Uno.  Ao espelhar a si mesmo, ou a existir ele e seu próprio reflexo, a dualidade,  Deus então  encontra um sentido a si mesmo, e esse sentido dá início ao princípio criativo, a criação de todo o universo. Esse princípio criativo, pode ser entendido como o pensamento divino. A luz, o amor, gerando o movimento e o pensamento dando sentido a esse movimento,  passando a criar o espaço, a consciência. Então, o inconsciente é o princípio, a consciência é gerada a partir dele.  Tudo no universo é a mesma coisa manifesta em formas diferentes de consciÊncia deste mesmo princípio criativo. Deus, o criativo, é infinito na sua imaginação do espaço, assim como nós, em nossa mente temos essa mesma capacidade imaginativa. Do micro ao macro, tudo em essência, tem a mesma imagem: o átomo, uma célula, o corpo, a psique, o sistema solar. Se imaginamos o átomo o núcleo é o seu centro, na célula também, no corpo é o cérebro e no sistema solar o sol, e na psique, é o self.  Por isso, nosso princípio criativo e nosso sentido se concentra nesse ponto onde nossos opostos se unem, pois é nesse ponto orginal de nossa psique, de nossa alma, onde está o sentido da nossa luz, nossa vida no espaço.  Esse ponto, é o nosso self, é  a união da luz e da escuridão, do amor e do pensamento, da nossa ânima e nosso animus, criando em nós mesmos a imagem e semelhança de Deus. Não podemos encontrar sentido a nossa existência no movimento de expansão do espaço, mas é na concentração que está nosso sentido verdadeiro e individual. É em nosso self que encontramos esse sentido e podemos nos movimentar no espaço, ou expandirmos a si mesmo de forma ordenada e sincrônica com todo o universo em nossa volta, isso vale para nós e o outro, nós e a natureza, nós e Deus e tudo que temos a capacidade de compreender em nós mesmos, pois a medida que nos individualizamos, ou encontramos nosso si mesmo, nosso self, essa concentração nos permite enxergar o foco da luz, o sol, e isso não nos dispersa no espaço num movimento desordenado.
A Teoria da relatividade de Einstein revela a relação de Tempo e Espaço, mas revela também a relação de inconsciente e consciência, pois o Tempo é o inconsciente que se movimenta de forma circular, e o espaço a consciência que se movimenta de forma linear. Pois a consciência que é formada a partir do movimento do Tempo, do inconsciente, ganha seu sentido no pensamento  que segue  sua trajetória linear. Dependendo da posição do observador podemos ganhar novas dimensões a respeito de nós mesmos, do nosso sentido, da nossa existência. Assim como também na física quântica que fala da dualidade de onda e partícula, estando o observador na condição de partícula, seu movimento será em ondas, ou seja circular, de acordo com o tempo, o inconsciente, pois a partícula é o próprio self.  Tudo é relativo a Tempo e espaço, incosnciente e consciência, e onde se coloca o observador,  enxergando a si mesmo, ou se colocando em seu self, todo o movimento do Tempo no espaço, ou do inconsciente em relação a nossa consciência, pode ser observado de forma que nosso sentido linear acompanha a trajetória circular do tempo.

Anúncios

Um pensamento sobre “Psique e Universo: Tempo e Espaço

  1. eu penso que deus esta no que ajente ver ex: olhar as estrelas e uma forma de ver deus um deus de amor, guerra e o demonio pra quem acha que ele e deus e um deus mal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s